CONFRATERNIZAÇÕES FIM DE ANO TESBA 2017

Mais um ano chegando aos seus últimos suspiros. Momentos intensos, experiências e aprendizados adquiridos.

A Transportes Tesba mantendo a tradição novamente realizou suas confraternizações de fim de ano. Os colaboradores do setor administrativo comemoraram no dia 07/12 no clube 29 com um jantar e o tradicional amigo secreto.

No dia 19/12 a empresa expôs seu planejamento e suas metas para o ano de 2018, na ocasião foram entregues as cestas de natal.

Para fechar o ciclo de comemorações, no dia 27/12 foi realizada nas dependências da empresa um churrasco e premiações para os motoristas.

5e2016c9-74cf-4d1c-8649-1412b6ed5f3f9bdad707-0f12-4c69-9369-de7cb56a5bde

440da23d-c0df-4110-b591-4c2b26160a8b 2234579d-1da4-474d-9d46-ee9249fb875b04e0bd24-5613-4276-8559-a7bffb725cad  b11e6167-baa2-44a1-84d2-537c7a692809 (1)

8644b9d9-a19f-4d2e-9cd4-a88d7b611f3b5565f1df-59e5-41c4-a311-946a9e9b69e4858ee009-0eeb-457e-b027-4ca35ebac23ab0042fcc-5628-41a2-ba3e-7732bb179ba3f571d5e6-9b97-4d86-948a-ef0e5f72ed94

AÇÃO DE NATAL – TRANSPORTES TESBA & ESCOLINHA NOVO AMANHECER

Mantendo todo apoio já realizado durante dois anos ao projeto “ESCOLINHA NOVO AMANHECER” , a Transportes Tesba fecha o ano colaborando com a festa de encerramento de 2017 que foi realizada no dia 23/12.

Representada por colaboradores e pelo proprietário da empresa, Sr Alisson Alexandre Lucca, a Tesba fez a entrega de duas bolas e de 53 cestas de natal para as crianças e adolescentes participantes do projeto.

A empresa continuará colaborando com a escolinha em 2018, pois assim contribui para que os jovens possam ter melhores oportunidades de vida!

0a28dde8-8968-4d7c-a030-542597f76984 2c8f078e-99c4-4ff5-8c4a-9d778cc7a960 03b8a8d6-4dd9-4c55-8a27-5947b6af054d 3b79de1b-8dfb-4e62-801c-484875cf48f2 5be72def-2715-4b92-a814-ad7879f15c13 6d61ffda-7064-4a70-8b59-5abebfc24edc 34b0a571-adb9-4af2-9837-146736a1909e 37a01c06-2ce2-4138-b170-f0d76f96d63a 67b7805d-d4f1-40bb-bb1a-a46318bb5ffb 4840db4f-6b34-4e23-bf2e-0fe08a41f9b1 39100bc2-e483-48f3-9a98-f52225b0b9be 66037b33-3061-496f-80c7-433385d863b0 ec1a1c17-a977-4ea3-af46-44738016bca4

 

TESBA RUNNERS

A empresa pensando no bem estar de seus colaboradores estimula sua equipe a prática de atividades físicas. A mesma  possui a mais ou menos três anos um grupo de corrida, denominado “TESBA RUNNERS”, com o intuito de estimular seus colaboradores a participar de provas de corrida, arcando com os custos das inscrições de prova, uniforme (camiseta), bem como estadia e alimentação nas provas em outras cidades.

Vale ressaltar que a TESBA contribui para o calendário de corridas da cidade de Tubarão/SC, sendo patrocinadora master do clube de corredores, o CORTUBA.

O colaborador Lucas Pereira Eliseu relata os benefícios da corrida no seu dia a dia:

“Os benefícios da corrida em meu dia a dia são inúmeros, dentre eles posso destacar a melhora de condicionamento físico, fortalecimento muscular, ou seja, a melhora da saúde como um todo. O fato da empresa possuir o grupo de corrida Tesba Runners, nos mostra nitidamente um real interesse da empresa com o bem estar e a qualidade de vida de seus colaboradores, fazendo ainda com que haja uma melhor integração entre estes e que consequentemente haja uma melhor relação entre ambos no ambiente de trabalho”

4073268b-24a5-410c-893c-87250568784c (1) 2bd46f8d-414c-4f32-9985-706669ede926

 

 

 

 

Projeto Escolinha de Futebol Geração Novo Amanhecer

Este ano foi especial para as crianças da escolinha de futebol Geração Novo Amanhecer, este projeto que conta com aproximadamente 55 crianças do bairro passagem em Tubarão SC foi presenteado com a colaboração da Transportes Tesba.
Para alegrar e ajudar nesta bela iniciativa, em setembro de 2016 o senhor Alisson presentou a criançada com a entrega de uniformes em um jogo festivo com a participação dos colaboradores da empresa.

O fechamento do ano contou com mais uma surpresa. A mesma aconteceu com mais uma bela confraternização, aonde o senhor Alisson presenteou com chuteiras a todas as crianças do projeto.

Fiocruz recebe aporte de R$ 23 milhões do BNDES para combater o vírus zika no Brasil

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) vai receber R$ 23 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para aplicar em ações estratégicas de enfrentamento da epidemia de zika, dengue e chikungunya, no âmbito da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin) do Ministério da Saúde. Os recursos do BNDES serão destinados ao desenvolvimento de kits de diagnóstico e ações de combate aos vetores de transmissão dos vírus. A participação do BNDES viabiliza a imediata realização de diversos projetos, antecipando resultados para a Saúde Pública e evitando maiores prejuízos à população, principalmente àquela em situação de maior vulnerabilidade social.

Dentre esses projetos, estão ações que visam o desenvolvimento de novos testes rápidos de diagnósticos, com características diferentes daqueles já disponíveis no mercado. Um destes produtos é um moderno teste de diagnóstico molecular que utiliza a tecnologia point of care (P.O.C), que destaca-se por sua capacidade de identificar simultaneamente os vírus da zika, dengue e chikungunya com maior segurança. O modelo dispensa análise laboratorial para realização de ensaios, podendo ser utilizado em unidades de saúde e em ações de campo. O teste deverá ser desenvolvido, validado e produzido em larga escala. Outra categoria que receberá recursos é a de testes sorológicos, que se baseiam na reação do organismo à presença dos vírus e podem ser utilizados muito tempo após a transmissão dos vírus pelos mosquitos. Essa categoria de testes é importante para pacientes assintomáticos, possibilitando aferir se já foram infectados anteriormente.

Controle
Complementam as ações que serão beneficiadas dois projetos de controle de vetores. A primeira delas busca a avaliação em larga escala do uso da bactéria Wolbachia no Aedes Aegypti para interromper o ciclo de transmissão, não só da dengue, mas também da zika e da chikungunya. A metodologia foi desenvolvida na Austrália e ainda conta com etapas a serem realizadas no Brasil, que visam avaliar sua eficácia em áreas mais extensas e de maior densidade demográfica.

O segundo projeto que receberá apoio é a tecnologia desenvolvida pela Fiocruz que utiliza o próprio mosquito como veículo dispersor de larvicida. O método inovador visa solucionar o problema de dificuldade de acesso aos criadouros dos insetos, locais não tratáveis pelos meios de controle tradicionais. O larvicida aplicado é o mesmo utilizado em ações já consolidadas de captura e monitoramento do mosquito Aedes, transmissor das três doenças.

Pesquisa
O zika é um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, cuja primeira transmissão no país foi registrada em abril de 2015. Por ser recente, seus mecanismos de atuação ainda não são completamente conhecidos, e tem se demonstrado capazes de produzir graves manifestações neurológicas – como a microcefalia e a Síndrome Guillain-Barré. Os casos de zika associados à microcefalia no Brasil levaram à declaração de Estado de Emergência em Saúde Pública.

Em 2016, até meados de setembro, foram registrados 200.465 casos prováveis de febre pelo vírus zika no país, tendo sido confirmados 109.596 casos. A doença pode causar sérios problemas nos bebês de grávidas infectadas, como a microcefalia e outros problemas neurológicos. Nestes casos, toda a família é afetada, constituindo-se uma gravíssima questão de Saúde Pública. A coexistência com os vírus da dengue e da chikungunya vem suscitando outras questões importantes que precisam ser mais investigadas.

Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

Fonte: http://www.blog.saude.gov.br/index.php/combate-ao-aedes/52024-fiocruz-recebe-aporte-de-r-23-milhoes-do-bndes-para-combater-o-virus-zika-no-brasil